Omni Calculator logo

Calculadora de Poupança

Created by Mateusz Mucha, Piotr Małek and Tibor Pál, PhD candidate
Reviewed by Bogna Szyk and Jack Bowater
Translated by João Rafael Lucio dos Santos, PhD and Marinara Andrade do Nascimento Moura, PhD candidate
Based on research by
Cipra T. Financial and Insurance Formulas; 2006
Last updated: Feb 20, 2024


A calculadora de poupança da Omni, também conhecida como calculadora de conta poupança, é uma ferramenta multifuncional que ajuda você a criar um plano de poupança preciso para poder economizar dinheiro suficiente para comprar o carro ou as férias dos seus sonhos. Ela funciona de várias maneiras: você pode descobrir quanto você economizará, quanto deveria ser sua economia inicial ou quanto você precisa depositar em um período escolhido se quiser atingir sua meta de economia. Você também pode estimar quanto tempo leva para economizar uma quantia desejada e que taxa de juros você precisa para chegar a um determinado saldo.

O verdadeiro ponto forte dessa ferramenta é que você pode modelar com precisão qualquer situação. Por exemplo, no Modo Avançado, você pode adicionar a taxa média de inflação, o que lhe permite conhecer o poder de compra de suas economias. Há também um painel dinâmico no qual você pode estudar os resultados visualmente. O desdobramento do saldo final e o gráfico dos seus saldos anuais fornecem informações detalhadas, permitindo que você acompanhe facilmente o progresso das suas reservas ao longo do tempo.

Se você estiver procurando uma ferramenta mais básica, consulte a calculadora de poupança simples 🇺🇸 da Omni.

Algumas observações práticas sobre poupança

Como você provavelmente já sabe, hoje em dia, não é uma boa ideia economizar dinheiro colocando-o todo debaixo do colchão. Mesmo que você queira guardar dinheiro, há vários motivos para depositar em um banco ou outra instituição financeira na forma de uma conta bancária ou de uma conta investimento. Um motivo importante para confiar nessas transações financeiras é que uma taxa de juros é aplicada ao seu saldo, que geralmente é mais alta do que a taxa de inflação. Dessa forma, seu dinheiro não está apenas protegido contra possíveis roubos, mas também contra a inflação. Uma das desvantagens, no entanto, é a acessibilidade que contas específicas dão ao seu dinheiro. Para entender isso, vamos examinar os tipos mais comuns de contas, que são os seguintes:

  1. Conta-corrente

Esse tipo de conta é o mais líquido, pois você pode acessar seu dinheiro a qualquer momento por meio de vários canais (ou seja, cartão de débito, saque ou pix). Normalmente, você não paga juros ou paga juros mínimos nesse tipo de conta.

  1. Conta poupança

Você recebe os rendimentos do seu investimento na forma de juros sobre o valor em conta, creditado na conta a cada mês, para pessoa física, ou três meses, para pessoa jurídica. Para pessoas jurídicas, há uma alíquota de 22,5% de imposto de renda sobre os rendimentos. Já as pessoas físicas, são isentas desta tributação.

  1. Depósito a prazo ou certificado de depósito (CD)

O dinheiro depositado é fixado na conta por um período específico, e o banco impõe uma penalidade para saques prematuros. Quanto mais longo for o prazo, maior será a taxa de juros oferecida pelo banco.

  1. Conta investimento

Este tipo de modalidade é fornecida por corretoras de valores e são voltadas especificamente para os investimentos no mercado financeiro. A taxa de juros dependerá do tipo de produto financeiro adquirido, bem como o prazo mínimo para saque do investimento ou venda dos ativos.

Como você provavelmente percebeu, o grau de acessibilidade do seu dinheiro e a taxa de juros oferecida estão ligados de maneira oposta (inversamente proporcional). Em outras palavras, quanto mais você restringir sua capacidade de usar seu dinheiro, mais juros você acumulará em sua conta.

O outro benefício de manter seu dinheiro em uma conta bancária é a segurança: seu dinheiro estará menos exposto às flutuações do mercado do que outros investimentos e também está protegido por regulamentações. Por exemplo, muitos países, inclusive os EUA, implementaram um seguro de depósito para proteger os depositantes do banco, total ou parcialmente, de perdas causadas pela falha do banco em pagar suas dívidas no vencimento. É claro que, se você se sentir mais confiante e gostar de cenários de alto risco e alta recompensa, pode optar por investir seu dinheiro no mercado de ações ou títulos através de uma conta investimento.

Especificações da calculadora de poupança

Antes de decidir abrir uma conta poupança, você precisa saber como diferentes fatores afetam seu saldo. Além disso, para que você possa aplicar essa calculadora adequadamente e entender as equações que a regem, é essencial que se familiarize com essas especificações:

  • Depósito inicial e poupança desejada

O saldo inicial é o valor que você tem quando abre a conta, e o saldo final é o valor que você gostaria de atingir. Em termos financeiros, eles são o valor presente e o valor futuro, que estão ligados pelo valor temporal do dinheiro, que é um dos conceitos mais fundamentais em finanças. Para saber mais sobre como os valores presente e futuro estão relacionados em um investimento, você pode conferir a calculadora de TIR 🇺🇸 ou a calculadora de correção monetária 🇺🇸, ambas da Omni.

  • Taxa de juros e APY

A taxa de juros é um dos fatores mais importantes quando você está prestes a escolher uma conta poupança no exterior. Ela se refere à taxa de juros nominal, também conhecida como juros simples (ou a taxa de juros principal, ou cotada). No entanto, quando você analisa diferentes ofertas, provavelmente vê o APY (rendimento percentual anual ou Annual Percentage Yield, em inglês), que é outro tipo de taxa frequentemente cotada para contas de poupança no exterior ou para criptomoedas. O poder do APY é que ele incorpora o efeito da composição. Portanto, ele elimina uma das principais desvantagens da taxa de juros nominal. Para sua conveniência, esta calculadora permite que você escolha a taxa que deseja usar.

  • Duração do tempo

É o período em que você decide abandonar o uso de suas economias e reservar algum dinheiro.

  • Frequência de composição

Os juros compostos são um dos conceitos mais poderosos em finanças e estão presentes na maioria dos produtos financeiros/investimentos. Nesse contexto, os juros compostos podem ser definidos como um ganho obtido não apenas sobre o saldo inicial anual, mas também sobre os juros obtidos anteriormente. Se os juros forem calculados sobre quaisquer juros anteriores, quanto mais vezes os cálculos de juros (compostos) ocorrerem, mais dinheiro você ganhará. Eventualmente, isso pode ter um efeito significativo sobre o saldo final, especialmente a longo prazo. A frequência de composição (ou frequência de capitalização) mais simples é anual, o que significa que os juros são calculados sobre o saldo anualmente. Nesse caso, a taxa de juros nominal é igual ao APY. Entretanto, a composição ocorre com mais frequência, por exemplo, semestral ou mensalmente, dependendo do tipo de instrumento financeiro e da prática. A composição pode ser aplicada com uma frequência ainda maior. Teoricamente, ela pode atingir sua frequência máxima, chamada de composição contínua, que é o limite matemático do procedimento. Para obter mais informações sobre o contexto por trás disso, veja a seção sobre logaritmo natural da nossa calculadora de Log.

  • Taxa de inflação anual

Como a inflação pode alterar substancialmente o poder de compra de uma quantia de dinheiro, é essencial que você considere seus efeitos. Quando a taxa de inflação é alta, a taxa de juros real ajustada pela inflação, ou a taxa de juros real, sobre seu saldo é mais baixa, o que pode nem mesmo compensar a perda de poder de compra causada por aumentos no nível geral de preços. Nesse caso, embora no prazo nominal você tenha um ganho, no prazo real, você perdeu na transação. Você pode incluir a taxa de inflação no Modo Avançado dessa calculadora de poupança.

  • Depósito adicional

Nessa seção, você pode definir um valor específico que pretende adicionar à sua conta poupança durante o período de vigência. Além do valor (Quanto?), você pode especificar sua regularidade (Com que frequência?) e seu tempo (Quando?), que pode ser o início ou o fim do período. E tem mais, você pode definir uma taxa de crescimento anual ou uma taxa de crescimento periódica se espera reservar mais dinheiro a cada ano. A opção de definir uma taxa de crescimento para o depósito adicional permite que você modele um aumento antecipado no dinheiro dedicado à sua poupança ou compense a perda de poder de compra resultante da inflação.

Como funciona a calculadora da conta poupança

Nossa calculadora de poupança tem cinco maneiras distintas de ser usada. Para isso, você deve definir o assunto de seu interesse na parte superior da ferramenta, no campo intitulado "Gostaria de saber...". Essas funções permitem que você analise seu plano de poupança em vários aspectos, que são os seguintes:

  1. Qual será o saldo final? – Saldo da Poupança

  2. Qual deve ser o valor inicial para você atingir sua meta de poupança? – Depósito Inicial

  3. Quanto dinheiro você deve reservar? – Depósito Adicional

  4. Quanto tempo você levará para realizar a economia que deseja? – Duração do Tempo

  5. Qual deve ser a taxa de juros de sua conta poupança para você obter uma quantia suficiente de dinheiro?

Abaixo, apresentamos dois exemplos básicos para representar os problemas que você pode enfrentar ao fazer um plano de poupança.

Em primeiro lugar, digamos que você esteja economizando para comprar a bicicleta dos seus sonhos e gostaria de saber quanto dinheiro precisa reservar (depósito adicional) para realizar seu sonho:

  1. Descubra o preço da bicicleta. Digamos que seja R$ 5.500,00, e essa é a economia desejada que você deseja obter.

  2. Determine seu depósito inicial. Digamos que seja R$ 1.000,00.

  3. Descubra a taxa de juros. Vamos considerar que encontramos uma conta poupança com uma taxa de juros de 7,76% ao ano.

  4. Por último, mas não menos importante, decida sobre o tempo pelo qual você deseja economizar. Digamos que você não esteja com pressa e possa economizar por 2 anos.

  5. Com relação à frequência de composição, você descobre que a conta poupança que escolheria tem composição mensal, ou seja, os juros são compostos mensalmente.

  6. Além disso, você define a frequência do seu depósito adicional como mensal, que ocorre no final do período.

  7. Para simplificar, você não conta com a inflação, pois espera que o preço da bicicleta não mude em um intervalo tão curto. Você também não escolhe definir um crescimento anual ou uma taxa de crescimento periódica no Modo Avançado para seus depósitos adicionais.

  8. Ao inserir esses dados em nossa calculadora, você calculará precisará depositar R$ 167,46 mensalmente para comprar essa bicicleta em 2 anos. Boa sorte na economia.

A outra maneira de usar a calculadora da conta poupança é descobrir o depósito inicial que você precisa fazer (depósito inicial) se você souber quanto pode depositar mensalmente:

  1. Determine o saldo final da poupança. Vamos definir como R$3.000,00.

  2. Descubra o depósito adicional mensal. Digamos que você possa depositar R$120,00 mensalmente.

  3. Defina a duração do tempo. Digamos que o prazo seja de 9 meses.

  4. Por fim, digite a taxa de juros anual. Vamos usar 7,76% com uma frequência de composição mensal.

  5. Para simplificar, pularemos novamente a configuração da taxa de inflação, do crescimento anual e da taxa de crescimento periódico.

  6. Ao inserir esses dados, você descobrirá que precisará fazer um depósito inicial de R$1.778,26.

Para ver como seu dinheiro crescerá, você pode estudar os saldos mensais e anuais em uma tabela na parte inferior da calculadora para verificar o que compõe seu saldo final. Também criamos um gráfico de barras, no qual você pode acompanhar visualmente a progressão dos seus saldos.

Observe que os parâmetros de taxa de inflação anual e taxa de crescimento periódico/anual do depósito podem ser encontrados no Modo Avançado.

FAQ

Quanto dinheiro eu preciso depositar para acumular R$5.000,00 em 7 anos?

Supondo que seu banco pague uma taxa de juros de 5% ao ano, você precisaria depositar R$ 3.553,41 para acumular R$ 5.000,00 em um período de sete anos. Calculamos isso usando a fórmula de juros compostos:

Montante = P (1 + r/n)nt

Substitua os valores:

5000 = P(1 + 0,05/1)1 ⋅ 7

Isolando P temos:

P = 5000/(1 + 0,05)7
P = 3.553,41

Como são calculados os juros da conta poupança?

Os juros sobre contas de poupança são calculados usando juros compostos. Para calcular os juros obtidos em sua conta, siga estas etapas:

  1. Obtenha o valor original poupado (P).

  2. Obtenha o período de poupança em anos (t).

  3. Obtenha a taxa de juros (r).

  4. Obtenha a frequência com que os juros são calculados em um ano (n).

  5. Aplique a fórmula de juros compostos abaixo para encontrar o valor total de dinheiro que estará em sua conta no final do período:

    Montante = P (1 + r/n)nt

  6. Calcule os juros ganhos usando a seguinte fórmula:

    Juros totais = Montante − P

O que é uma conta de poupança de alto rendimento?

Uma conta de poupança de alto rendimento tem uma taxa de juros de aproximadamente 10 a 12 vezes maior do que uma conta tradicional. Isso significa que o dinheiro em sua conta pode crescer significativamente mais rápido do que em uma conta convencional.

Diferentemente das contas de poupança tradicionais, as de alto rendimento podem ter limites de saque mais rigorosos. Além disso, elas podem ter requisitos de qualificação mais rigorosos. Esses tipos de contas são encontradas no exterior, um exemplo é a conta poupança de alto rendimento da Apple lançada em 2023.

Qual a taxa de juros se eu acumular R$ 7.563,00 após 12 anos?

Supondo que o valor em sua conta no início do período era de R$ 4.500,00 e que você não fez depósitos ou retiradas, a taxa de juros é de 4,42%.

Para encontrar essa resposta, usamos a fórmula de juros compostos:

Montante = P (1 + r/n)nt

onde:

  • P: quantidade de dinheiro com a qual você começou;
  • n: número de vezes que os juros são pagos em um ano;
  • t: número de anos; e
  • r: taxa de juros anual.

Isenção de responsabilidade

Devido ao arredondamento, os resultados desta calculadora devem ser considerados apenas como uma aproximação financeira. Por esse motivo, e também devido a possíveis deficiências, a calculadora foi criada apenas para fins de consultoria.

Mateusz Mucha, Piotr Małek and Tibor Pál, PhD candidate
Related calculators
I would like to know..
savings balance
Known rate
interest rate
Main specifications
Initial savings
$
Annual interest rate
%
Time length
yrs
mos
Compound frequency
monthly
Additional deposits
How much?
$
How often?
monthly
When?
beginning of period
Savings details
The Annual Percentage Yield (APY) is 1.308%.
Your final savings will be $8,573.22.
The sum of the additional deposits is $7,200.00; thus, your total principal (initial savings plus total additional deposits) is $8,200.00, and the total interest gained is $373.22.
Final balance breakdown as percentages
Balances
Represent
bar graph
Check out 46 similar personal finance calculators 💰
403b50/30/20 rule529… 43 more
People also viewed…

EBIT

The EBIT calculator will help you to calculate EBIT - a useful business indicator designed to measure the operational profit of a company.

Grams to cups

The grams to cups converter converts between cups and grams. You can choose between 20 different popular kitchen ingredients or directly type in the product density.

Portfolio beta

The portfolio beta calculator is a fantastic tool that calculates the extra risk you are taking over the market.

Social Media Time Alternatives

Check what you could have accomplished if you get out of your social media bubble.