Omni Calculator logo

Calculadora de Ganho de Peso na Gravidez

Created by Łukasz Białek, MD and Bogna Szyk
Reviewed by Dominik Czernia, PhD and Jack Bowater
Translated by Marinara Andrade do Nascimento Moura, PhD candidate and Luna Maldonado Fontes
Based on research by
U.S. Department of Agriculture and U.S. Department of Health and Human Services Dietary Guidelines for Americans, 2020-2025. 9th edition: Chapter 5 - Women Who Are Pregnant or Lactating;; December 2020See 1 more source
Institute of Medicine (US) and National Research Council (US) Committee to Reexamine IOM Pregnancy Weight Guidelines. Weight Gain During Pregnancy: Reexamining the Guidelines.;; May 2009
Last updated: Jan 18, 2024


A calculadora de ganho de peso na gravidez da Omni é uma ferramenta útil para estimar quanto peso você deve ganhar durante a gravidez. Você pode usá-la para determinar o ganho de peso na gravidez semana a semana. Lembre-se de que esses valores são aproximados, no entanto, não se preocupe se o ganho de peso for um pouco mais rápido ou mais lento. Neste artigo, você aprenderá sobre as diferentes mudanças que ocorrem no corpo de uma mulher grávida e por que é tão importante acompanhar seu ganho de peso durante a gravidez. Também informaremos o que é um ganho de peso normal na gravidez e indicaremos com que tipo de flutuações de peso você deve se preocupar e o que elas podem significar.

Mudanças no corpo durante a gravidez

Você está com a menstruação atrasada? Enjoos matinais? Anda se sentindo cansada a maior parte do tempo? Se você respondeu Sim a essas perguntas, isso significa que provavelmente você está grávida. Parabéns!

Normalmente, a gravidez dura 40 semanas a partir da última menstruação ou 38 semanas a partir da fertilização. Geralmente, as mulheres não sabem exatamente o dia da fertilização, assim que a data da última menstruação é utilizada mais frequentemente. Para saber mais sobre isso, verifique a calculadora do ciclo menstrual da Omni.

  1. Primeiro trimestre: primeiras 12 semanas;
  2. Segundo trimestre: da 13ª à 28ª semana;
  3. Terceiro trimestre: da 29ª semana até o parto.

Muitas mulheres sentem medo da gravidez e das mudanças que ela causa em seus corpos. Elas têm medo de estrias, infecções urinárias, e, principalmente, de passar pelo parto. Existe até mesmo um termo médico para isso: “tocofobia”. Este termo, classificado pela Classificação Internacional de Doenças, descreve um transtorno de ansiedade causado pelo medo extremo ao parto e à gravidez. Mas essas não são as únicas mudanças que ocorrem no corpo de uma mulher grávida. Há mudanças específicas nas mamas (elas ficam maiores e as aréolas ficam mais escuras), mudanças significativas na regulação hormonal, assim como mudanças na pressão arterial e débito cardíaco. A pressão arterial diminui devido à dilatação dos vasos pela progesterona e o débito cardíaco aumenta em 30-50%. Além disso, a frequência cardíaca aumenta em 25% e o volume sanguíneo aumenta em até 45%. A capacidade vital, a quantidade máxima de ar que uma pessoa pode inalar após haver realizado uma expiração máxima, também aumenta. Todas essas mudanças têm três motivos principais:

  1. Permitir o crescimento adequado do bebê;
  2. Preparar você para o parto; e
  3. Preparar você para a amamentação após o parto.

Também vale a pena lembrar e saber que, embora a gravidez não seja uma doença, ela pode predispor a mulher a certas condições. Entre elas estão cáries dentárias, infecções urinárias e outras, como azia, constipação, hemorroidas, colelitíase, hipertensão, etc.

E, por último, mas não menos importante, há uma mudança no peso da mulher grávida!

Por que você ganha peso durante a gravidez?

A gravidez pode levar a mudanças em muitas de suas rotinas e hábitos diários, incluindo o que você come e a quantidade de exercícios que faz. Mas, acima de tudo, o corpo da mulher muda durante a gravidez para garantir que o feto receba alimentos suficientes e outras coisas de que precisa. Essas mudanças já começam a ocorrer no início da gravidez e se tornam cada vez mais perceptíveis com o passar do tempo. As mulheres ganham mais peso nos últimos meses de gravidez do que nos primeiros meses (veja a linha do tempo gerada por nossa calculadora).

As mulheres podem ganhar peso em muitas áreas diferentes do corpo, e existem vários motivos para isso. O primeiro, é claro, é o próprio bebê. Depois, há as mudanças em seu corpo que sustentam a gravidez e o que acontecerá após o parto. Você ganha gordura, que seu corpo usará para armazenar nutrientes para a amamentação; seus seios aumentam (e isso também é peso adicional!), e você ganha peso com o aumento do útero, da placenta e do líquido amniótico. O restante do seu ganho de peso vem do aumento do sangue e dos fluidos corporais.

Importância dos cuidados pré-natais

O atendimento pré-natal consiste em consultas regulares com o profissional de saúde, geralmente, o obstetra. Em cada uma delas, são realizados procedimentos específicos que variam de acordo com a visita em questão. Eles incluem histórico médico, exame abdominal e vaginal, medição da pressão arterial, identificação do tipo sanguíneo, exame de urina, teste de HIV e sífilis, vacinação e educação sobre a gravidez e a maternidade. Durante as primeiras visitas, uma parte muito importante do exame pode ser o controle do nível de β-hCG. Uma das partes mais importantes de todas as consultas é a medição do peso da mulher. Isso sugere que, embora seja uma medição simples, ela pode ser benéfica na triagem de patologias durante a gravidez.

É óbvio que, com o passar do tempo, a mulher grávida pesa cada vez mais. Mas o que é um ganho de peso saudável na gravidez? Quanto a mais é suficiente? E quanto a mais é demais? Meu peso atual está dentro do limite de ganho de peso normal na gravidez? Continue lendo para obter essas informações!

Ganho de peso na gravidez por semana e por trimestre

Na gravidez, o peso ideal é diferente do de mulheres não grávidas. Você está se perguntando quanto peso deve ganhar durante a gravidez? Ou talvez você pense que é um número fixo de quilos ou uma porcentagem fixa do seu peso antes da gravidez?

Vamos verificar a verdade! O ganho de peso durante a gravidez depende de dois fatores principais: o IMC que você tinha antes da gravidez e o tipo de gravidez (única ou gemelar).

  • Se você estava abaixo do peso (IMC abaixo de 18,5), deve ganhar entre 12 e 18 kg durante a gravidez.
  • Se o seu IMC era normal (18,5-24,9), você deve ganhar entre 11 e 15 kg (e 16 a 24 kg se estiver grávida de gêmeos).
  • Se você estava com sobrepeso (IMC entre 25 e 29,9), deve ganhar entre 7 e 12 kg (e 14 a 22 kg em uma gravidez de gêmeos).
  • Por fim, se você era obesa antes da gravidez (IMC acima de 30), deve ganhar entre 5 e 9 kg (11 a 19 kg durante uma gravidez de gêmeos).

Esse ganho de peso é a meta que você deve atingir na 40ª semana. No entanto, durante a gravidez, você pode e até deve monitorar as mudanças no seu peso também. Academia Nacional de Medicina dos Estados Unidos sugere uma distribuição do ganho de peso na gravidez por semana; criamos essa calculadora de acordo com essas diretrizes para que você possa verificar se o seu peso está na faixa recomendada.

Durante o primeiro trimestre, você provavelmente ganhará de 1,5 a 2 kg no total apenas, pois seu bebê ainda é pequeno e os enjoos matinais podem impedir que você ganhe peso. A maior parte do seu ganho de peso ocorrerá durante o segundo trimestre. No terceiro, embora você ainda continue ganhando peso, o aumento será mais lento, especialmente durante o nono mês.

Use a nossa calculadora de ganho de peso na gravidez para saber todas as informações sobre o ganho de peso típico na gravidez, adaptadas para você.

Como usar a calculadora de ganho de peso na gravidez?

Confira estas etapas para que você encontre seu ganho de peso saudável durante a gravidez:

  1. Digite sua altura e seu peso antes da gravidez nas caixas apropriadas.
  2. A calculadora de ganho de peso na gravidez da Omni determinará automaticamente o IMC que você tinha antes da gravidez.
  3. Marque se você está esperando gêmeos ou não, pois isso influenciará muito o seu ganho de peso.
  4. Escolha a semana de gravidez.
  5. A calculadora de ganho de peso na gravidez determinará o ganho de peso mínimo e máximo recomendado desde o início da gravidez. Esses valores são aprovados pelo Instituto de Medicina das Academias Nacionais. Ela também adicionará esses valores ao seu peso inicial.

Você também pode dar uma olhada no gráfico abaixo da calculadora de peso na gravidez. Graças a ele, você também pode verificar quanto peso deve ganhar em uma determinada semana de gravidez e quanto ele deve mudar à medida que passa o tempo.

Como você pode se pesar?

Em primeiro lugar, não se estresse muito, pois na gravidez, você não precisa se pesar todos os dias. As flutuações diárias, muitas vezes causadas por um grande jantar no dia anterior, podem realmente deixar você louca. É suficiente que você se pese uma vez por semana. Lembre-se de sempre fazer isso no mesmo horário do dia, com a mesma quantidade de roupas e usando a mesma balança. Mais tarde, você pode verificar suas medidas no gráfico abaixo da nossa calculadora para garantir que está indo tudo bem.

O que comer para manter um ganho de peso adequado durante a gravidez?

Durante a gravidez, o ganho de peso normal é fundamental para o desenvolvimento adequado do bebê. A obesidade materna pode estar associada, por exemplo, a um número maior de natimortos e mortes neonatais. Você deve se lembrar de que uma dieta saudável é uma parte essencial do seu estilo de vida a qualquer momento, mas é especialmente vital se você estiver grávida ou planejando uma gravidez. Mas o que quer dizer uma dieta saudável? Muitas futuras mamães se perguntam o que devem comer e qual é a dieta certa para uma mulher grávida.

O mais importante a ser lembrado é que você não precisa fazer nenhuma dieta especial. Entretanto, é importante comer alimentos diferentes todos os dias para obter todos os nutrientes necessários que você e seu bebê precisam. É melhor que você obtenha as vitaminas dos alimentos, não dos suplementos dietéticos. Entretanto, a suplementação de ácido fólico também é necessária.

Durante a gravidez, as mulheres geralmente sentem mais fome do que o normal, portanto podem e devem comer mais, mas você não precisa comer por dois. Não conte calorias durante a gravidez! Coma muitas frutas e verduras, pois elas fornecem vitaminas e minerais, além de fibras, que ajudam na digestão e podem ajudar a evitar a constipação, o que ocorre com frequência em mulheres grávidas. Evite lanches com alimentos ricos em gordura e açúcar. Elimine o álcool e o cigarro. Coma alimentos proteicos, como feijão, carne, peixe e ovos todos os dias. No entanto, evite carne crua, pois ela pode ser uma fonte de infecção.

Prepare suas refeições com segurança:

  • Lave suas mãos, assim como suas frutas e verduras;
  • Use uma faca e uma tábua de cortar separadas para carnes cruas;
  • Armazene os alimentos crus separadamente dos alimentos prontos para o consumo.

Lembre-se também de outros hábitos saudáveis: pratique alguma atividade física regular (se tudo estiver bem durante a gravidez), durma o suficiente, beba bastante água e não fume!

E se eu ganhar muito ou pouco peso?

Não se preocupe se o seu peso for ligeiramente diferente do recomendado. Provavelmente, sua gravidez não seguirá a distribuição "ideal" de ganho de peso. Assim que você se aproximar do peso desejado, não haverá problemas. No entanto, preste atenção nos seguintes aspectos, pois eles podem ser sinais preocupantes:

  • você ganhar mais de três quilos em uma semana do segundo trimestre;
  • ganho de mais de dois quilos em uma semana do terceiro semestre;
  • não ganhar peso algum por mais de duas semanas seguidas durante os meses 4 a 8.

As mulheres que ganham muito peso durante a gravidez têm um risco maior de problemas de saúde específicos e complicações durante o parto. Por exemplo, elas têm maior probabilidade de ter um bebê robusto com peso de nascimento superior a 4.000 g ou 4.500 g (macrossomia) e maior probabilidade de precisar de uma cesariana. Também é mais provável que elas tenham dificuldades para perder o peso extra após o parto. O ganho excessivo de peso também pode causar outros problemas, desde um simples desconforto e dor nas costas até problemas para ler os resultados do ultrassom, e até mesmo pré-eclâmpsia (hipertensão gestacional com proteinúria) e trabalho de parto prematuro.

Por outro lado, se uma mulher não ganhar peso suficiente e não ingerir alimentos diferentes em quantidade suficiente durante a gravidez, isso pode prejudicar o bebê em desenvolvimento. Nesses casos, os bebês podem nascer muito cedo (parto prematuro) ou pesam muito pouco ao nascer. Ganhar muito pouco peso pode ser ainda mais perigoso para o bebê, pois sabemos que bebês prematuros pequenos têm mais problemas nas unidades de terapia intensiva neonatal.

Se você estiver em qualquer uma das situações mencionadas acima, não se esqueça de consultar seu médico!

Precisamos mudar as normas sociais?

A atual epidemia de obesidade colocou o tema do peso em foco, e não apenas entre os cientistas. Hoje em dia, a importância de uma vida mais saudável está clara para um número cada vez maior de pessoas em todo o mundo. Para as mulheres, a gravidez foi identificada como uma importante área de estudo para o controle de peso, pois o ganho excessivo de peso durante a gravidez leva a muitas complicações de saúde. Então, por que as mulheres passaram a aceitar a gravidez como um momento para ganhar peso livremente? A Dra. Jennifer Kraschnewski, da Penn State College of Medicine, declarou em seu artigo que isso se deve principalmente às normas sociais, que podem ser resumidas pela frase comumente usada "comer por dois". "Na verdade, são necessárias apenas 300 calorias adicionais por dia para atingir o ganho de peso recomendado para mulheres com peso normal", afirma a Dra. Kraschnewski em seu artigo.

Além disso, de acordo com um artigo publicado por Phelan no American Journal of Obstetrics and Gynecology, devemos observar que a gravidez é um reconhecido momento de ensino, quando as mulheres estão altamente motivadas a se envolver em comportamentos saudáveis, como parar de fumar ou ter uma dieta saudável. O problema é que a adoção de comportamentos saudáveis ideais é impossível quando há confusão sobre como eles devem ser. É por isso que não podemos desistir de educar a sociedade sobre uma dieta saudável real, cientificamente comprovada, para mulheres grávidas.

Série sobre ganho de peso na gravidez

Apresentamos uma série de artigos da Omni, baseados em alterações de peso na gravidez. Vá em frente e encontre suas respostas em um deles!

FAQ

Quando começa o ganho de peso na gravidez?

Na gravidez, o ganho de peso mais aparente ocorre no segundo trimestre. Você ganha peso no momento em que o bebê começa a crescer, mas durante o primeiro trimestre ele ainda é relativamente pequeno. As primeiras semanas de gravidez geralmente envolvem náuseas matinais, o que pode impedir que você perceba os quilos extras. No terceiro trimestre (a partir da 29ª semana), você ainda ganha peso, mas em um ritmo mais lento.

Quanto peso vou ganhar durante a gravidez se eu pesar 55 kg?

Se você pesa 55 kg, deve ganhar aproximadamente:

  • 11-16 kg se o seu peso antes da gravidez estava dentro da faixa normal (IMC 18,5-24,9);
  • 7-11 kg se antes da gravidez você estava acima do peso (IMC 25-29,9);
  • 5-9 kg se antes da gravidez você era obesa (IMC 30 ou maior); e
  • 12-18 kg se antes da gravidez você estava abaixo do peso (IMC menor que 18,5).

O ganho de peso na segunda gravidez é mais rápido?

O ganho de peso na segunda gravidez é aproximadamente o mesmo que na primeira. Entretanto, você pode ter a impressão de ganhar quilos extras mais rapidamente. Um possível motivo é o ponto de partida: talvez você ainda não tenha perdido o peso adicional da primeira gravidez. A gravidez também é mais aparente. Os músculos abdominais, os ligamentos e o útero nunca voltam à forma original depois de um filho, o que faz com que a barriguinha de bebê da segunda gravidez seja mais proeminente.

Quanto peso uma adolescente deve ganhar durante a gravidez?

De acordo com o Institute of Medicine, as recomendações para gravidez na adolescência não diferem das recomendações para gravidez em adultos. As adolescentes durante a gravidez devem ganhar de 5 a 18 kg, dependendo do índice de massa corporal (IMC) anterior à gravidez. O IMC é um índice para adultos e pode classificar erroneamente algumas adolescentes como abaixo do peso. Ainda assim, uma adolescente grávida precisa não apenas se preocupar com o crescimento do bebê, mas também com o seu próprio. É por isso que um ganho de peso mais proeminente pode ser apropriado.

Łukasz Białek, MD and Bogna Szyk
Before pregnancy
Height
ft
in
Weight
lb
BMI
You are...
Weight during pregnancy
Week
Twins
no
Min. weight
kg
Max. weight
kg
Min. weight gain
kg
Max. weight gain
kg
Check out 34 similar gynecology & pregnancy calculators 🤰
BBTBirth controlBishop score… 31 more
People also viewed…

Arterial age

The arterial age calculator will count the age of your arteries from the calcium score.

Clomid ovulation

A calculadora de ovulação com clomifeno permite que você calcule com facilidade a ovulação e o período fértil no tratamento com citrato de clomifeno.

Meat footprint

Check out the impact meat has on the environment and your health.

Pizza size

Faça a melhor escolha de pizza com nossa calculadora de tamanho de pizza: compare tamanhos e preços para fazer o pedido perfeito!